15 junho 2021

Desconector com geometria multifuncional série 580

O QUE É E PARA QUE SERVE UM DESCONECTOR HIDRÁULICO?

O desconector hidráulico é um dispositivo de proteção que deve ser instalado entre a rede pública e a privada nas instalações de distribuição hídrica, criando uma zona de separação de segurança que evita o contacto entre as águas contidas nas duas redes. Além disso, protege a rede pública de sobrepressões a jusante, sifonagem inversa e refluxo. 

 

PORQUÊ INSTALAR UM DESCONECTOR?

A água potável, transportada pela rede de abastecimento pública, pode sofrer contaminação causada sobretudo pelo retorno de fluido contaminado, proveniente de instalações ligadas diretamente à rede principal. A causa do refluxo pode ser atribuída a uma variação da diferença de pressão que tem como consequência a inversão, num determinado ponto da instalação, da direção normal do fluxo. Este fenómeno, denominado “inversão do sentido de fluxo”, pode causar problemas significativos e verifica-se quando:

  • a pressão na rede pública é inferior à pressão existente no circuito derivado (sifonagem inversa). Esta situação pode ocorrer, por exemplo, devido a uma rutura da tubagem da rede pública e consequente manutenção, ou devido a consumos substanciais por parte de outros pontos de utilização, como por exemplo, sistemas anti-incêndio ligados a montante.
  • no circuito derivado ocorre um aumento de pressão (contrapressão) devido, por exemplo, à entrada de água bombeada de um poço.

 

O QUE DIZ A LEGISLAÇÃO? 

A nível europeu está em vigor a norma EN 1717:2000 sobre a prevenção da poluição por refluxo, que classifica as águas contidas nas instalações em função do grau de perigosidade para a saúde humana e os respetivos dispositivos antirrefluxo mais adequados:

  • Categoria 1: Água que pode ser utilizada para consumo humano fornecida pela entidade distribuidora.
  • Categoria 2: Água que não apresenta risco para a saúde, como a 1, cujas qualidades ficaram comprometidas após uma alteração na temperatura, sabor, odor ou aspeto.
  • Categoria 3: Água que apresenta algum risco para a saúde devido à presença de substâncias nocivas.
  • Categoria 4: Água que apresenta risco para a saúde devido à presença de uma ou mais “substâncias tóxicas” ou “muito tóxicas”, ou uma ou mais substâncias radioativas, mutagénicas ou cancerígenas.
  • Categoria 5: Água que apresenta um sério risco para a saúde devido à presença de elementos microbiológicos ou virais.

Os desconectores hidráulicos tipo BA são utilizados para proteção contra o risco de contaminação por águas até à categoria 4, ao passo que para as de categoria 5 é necessário inserir um tanque de disjunção hidráulica. 
Para saber mais, está disponível um guia dedicado precisamente a esta temática.

DOWNLOAD DO GUIA "DISPOSITIVOS ANTIPOLUIÇÃO" 


PORQUÊ INSTALAR UM DESCONECTOR HIDRÁULICO COM GEOMETRIA MULTIFUNCIONAL?

O ponto forte do desconector hidráulico com geometria multifuncional é a versatilidade. Permite três configurações possíveis com um único corpo: instalação horizontal, vertical ou para aplicações especiais, com e sem válvula de interceção na entrada. A versão para instalação linear (em tubagem horizontal ou vertical) pode ser facilmente convertida na versão para aplicações especiais, e vice-versa, graças à possibilidade de substituição do casquilho a montante pelo casquilho curvo e a válvula de interceção a montante. Graças à compacidade e à versatilidade do corpo, o desconector série 580 para aplicações especiais pode ser utilizado para proteção de instalações com águas de categoria mesmo inferior a 4.
Descubra mais no vídeo.

 

O DESCONECTOR HIDRÁULICO NECESSITA DE MANUTENÇÃO?

Certamente. O desconector hidráulico é um aparelho de segurança sanitária que necessita de verificação periódica. Segundo a norma EN 806-5, os desconetores tipo BA devem ser submetidos a uma inspeção a cada seis meses e a operações de manutenção uma vez por ano. Sublinhamos que o primeiro sinal de funcionamento incorreto, geralmente provocado pela presença de corpos estranhos (areia ou outras impurezas), manisfesta-se por uma perda permanente a partir da descarga; esta perda, porém, não prejudica a segurança, mas requer a desmontagem e a limpeza do dispositivo e do filtro a montante, incorporado no casquilho. As operações de desmontagem e manutenção são, porém, simplificadas graças à configuração do produto, que possui componentes de fácil verificação e substituição, sem ser necessário desmontar o corpo da válvula da tubagem.
Atenção! É proibido realizar o bypass do desconector hidráulico, pelo que é recomendável ter um dispositivo de reserva no caso de instalações críticas.