Certificações de Sistema

A Caleffi empenha-se constantemente em atingir a certificação através dos requisitos mais importantes estabelecidos pelas normas ISO. 

O primeiro passo neste longo percurso foi dado há cerca de 20 anos atrás, quando a empresa obteve, pela primeira vez, a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade e as numerosas certificações de produto.

Mais recentemente, foram certificados o Sistema de Gestão Ambiental dos locais de produção da empresa e o procedimento de exportação de mercadorias. 

Presentemente, a certificação do Sistema de Gestão da Saúde e Segurança no trabalho está em fase de obtenção pelo BS OHSAS 18001:2007, sendo que o próximo objetivo interno é alcançar as certificações de energia e ética mais recentes.

  

 

As certificações do Sistema de Qualidade obtidas até à data são comprovadas pelos certificados ICIM, BSI and IQNET para o Sistema de Gestão da Qualidade, certificado AEOF para a simplificação da exportação de mercadorias e pelos certificados ICIM e IQNET 14001 para o Sistema de Gestão Ambiental.

  • Sistema de Gestão da Qualidade+

    O Sistema de Qualidade da Caleffi está em conformidade com as novas normas internacionais que impõem, como objetivos prioritários da política de qualidade, quer a melhoria do nível de satisfação do Cliente, quer o desenvolvimento de um sistema de melhoria contínua da eficácia do sistema de gestão da qualidade. É desta forma que, ano após ano, conseguimos reafirmar o nosso alto nível qualitativo, alargando a certificação em vigor às versões subsequentes, cada vez mais exigentes.

    No presente, as certificações válidas são aquelas indicadas nesta página.

     

    • MAIO 2017: renovação da UNI EN ISO 9001:2015 (certificações ICIM e IQNET). Em relação à certificação BSI, a Caleffi levou a cabo a fase de "transição" para as novas disposições normativas da ISO 9001:2015.

    • ABRIL 2015: renovação da certificação BSI até maio de 2018.

    • MAIO 2011: sexta renovação da certificação ICIM e da respetiva IQNet como prova da manutenção correta do Sistema de Gestão da Qualidade e do reforço da imagem da empresa no contexto internacional.

    • ABRIL 2010: passagem e atualização do Sistema de Gestão para a Qualidade para a nova norma UNI EN ISO 9001:2008.

    • JULHO 2009: Caleffi está entre as primeiras empresas italianas, em matéria de qualidade, a obter a certificação ISO 9001:2008.

    • JANEIRO 2008: Temos orgulho em comunicar a extensão da certificação BSI à gama de contabilização de energia (satélites e módulos de utilização).

    • MAIO 2008: Mais um sucesso - as certificações do Sistema de Gestão da Qualidade emitidas pela ICIM e IQNet foram renovadas até  2011.

    • JUNHO 2008: ICIM entrega pela primeira vez em Itália a Golden Label como reconhecimento da continuidade com a qual a Caleffi perseverou para garantir o máximo da qualidade.

    • JANEIRO 2008: Temos orgulho em comunicar a extensão da certificação BSI à contabilização de energia (satélites e módulos de utilização).

       

       

     

    ICIM
    IQNET
    BSI
  • Sistema de gestão ambiental+

    O Sistema de Gestão Ambiental é o conjunto dos processos, procedimentos, instrumentos e modelos implementados por uma organização com o objetivo de responder aos requisitos das normas de referência. As organizações que obtêm a certificação comprometem-se a limitar os impactos ambientais diretos (que derivam da sua atividade) e indiretos (aspetos ambientais sobre os quais podem exercer uma determinada influência), reduzir as emissões, promover a recuperação e reciclagem dos resíduos, reduzir o consumo de recursos e incentivar melhores práticas ambientais.

     

    A Caleffi, desde sempre conscienciosa que todas as atividades humanas e industriais, incluido por isso as suas, têm repercussões no meio ambiente, tomou voluntariamente a decisão de adotar um Sistema de Gestão Ambiental para o qual foi certificada conforme a norma UNI EN ISO 14001:2004, em junho passado. Este sistema dita o modo como a empresa monitoriza e continua a melhorar a sua performance ambiental, tendo como objetivo principal prevenir e reduzir os impactos ligados ao exercício da sua atividade.

     

    A seguinte certificação foi obtida:

    - a certificação ICIM que atesta de modo fiável a capacidade do Sistema de Gestão Ambiental da Caleffi em satisfazer os requisitos especificados e em atingir os objetivos pré-definidos.

    - a certificação IQNET, requerida pela "The International Certification Network", demonstra a equivalência das certificações emitidas pelos seus próprios membros e assegura o reconhecimento internacional dos sistemas de qualidade certificados das empresas, favorecendo assim a transparência do comércio internacional.

    ICIM 14001
    IQNET 14001
  • AEOF+

    29 maio 2012: a Caleffi obteve a certificação AEOF - Simplificação alfandegária/Segurança das expedições.

     

    Essa certificação aplica-se aos Operadores Económicos Autorizados, isto é, aos sujeitos residentes no território da União Europeia, titulares de um Certificado AEO concedido pela Autoridade alfandegária de um país-membro com base nos requisitos e nas condições estabelecidas pela Comissão Europeia, entre os quais a fiabilidade, a segurança desses sujeitos no interior da cadeia de aprovisionamento internacional.

     

    A certificação AEOF é reconhecida a nível comunitário (e reconhecida mutuamente por quase todos os países ocidentais), e nasceu de um acordo entre a União Europeia e os EUA, e à qual aderiram depois diversos países (Japão, Suiça, Noruega, Canadá, China, etc.).

     

    Ser um operador certificado traz diversas vantagens operacionais e comerciais:

    •  redução dos controlos de documentação, scanner e físicos; 

    •  tratamento prioritário da mercadoria caso seja selecionada para controlo;

    •  o operador pode escolher o local onde será efetuado esse controlo;

    •  procedimento mais simples para a obtenção a simplificação alfandegária atualmente prevista;

    •  menos informação exigida nas declarações sumárias;

    •  a comunicação preventiva da finalizalização do circuito alfandegário de controlo na declaração sumária;

    •  o reconhecimento mútuo dos programas de segurança com países externos à UE.

     

    Em resumo, este garante melhores relações com as autoridades alfandegárias, menor atraso das expedições, aumento da segurança e melhor comunicação entre as partes na cadeia logística; por outras palavras, significa vantagens para a exportação de mercadorias.

     

    A Caleffi, plenamente satisfeita com o resultado alcançado e no seguimento do percurso realizado graças ao apoio constante de entidades e colaboradores, gostaria de agradecer à ANIMA, à empresa EasyFrontier, e ao Dr. Familiari pela coordenação do trabalho levado a cabo pelos funcionários da Alfândega de Novara.

    CERTIFICADO AEOF